Segunda-feira, 08 de agosto de 2022

Copel investe R$ 55 milhões em Cascavel em sete anos

03/04/2018
Dentre os investimentos estão projetos de expansão e melhoria das redes elétricas para suprir o aumento da demanda por energia no principal município do Oeste do Paraná. No período de 2011 a 2017, o total de ligações saltou de 109 mil para 140 mil. Números fazem parte do balanço da sobre os seus investimentos nas principais cidades e regiões do Estado.

A Copel aplicou aproximadamente R$ 55 milhões em expansão e melhoria do sistema de distribuição de energia de Cascavel, principal cidade do Oeste do estado, ao longo dos últimos sete anos. Os números fazem parte do balanço que a Companhia está divulgando sobre os seus investimentos nas principais cidades e regiões do Estado.

De 2011 a 2017, quando o total de ligações do município saltou de 109 mil para 140 mil, a Copel respondeu com investimentos de R$ 35 milhões em ampliações e reforços de redes para atender aos pedidos de novas conexões e aumentos de carga de clientes convencionais ou enquadrados em programas sociais, como Luz Para Todos e Irrigação Noturna.

Por conta do aumento da demanda no mesmo período, a Subestação Olímpico, uma das quatro grandes subestações que compõem o anel elétrico de Cascavel, ganhou seu segundo transformador de força com potência de 41,67 MVA (megavolts-ampère) e valor de R$ 2,7 milhões. Outros R$ 15 milhões foram destinados à melhoria da infraestrutura do sistema elétrico visando o aumento da qualidade e da confiabilidade da energia ofertada aos clientes.

“A exemplo de Cascavel, a Copel investe continuamente para ampliar, melhorar e reforçar redes de distribuição urbanas e rurais dos municípios paranaenses, o que para a nossa satisfação tem sido publicamente reconhecido pelos nossos consumidores”, afirma Antonio Guetter, presidente da Copel.

 

NOVA REDE

 

No ano passado, a Copel foi parceira da prefeitura de Cascavel no projeto de implantação da nova rede subterrânea da área central de Cascavel. Além de fornecer o projeto executivo e fiscalizar as obras, a Copel aplicou diretamente R$ 2,2 milhões no projeto.

Para 2018, o programa de investimentos no sistema de média tensão de Cascavel (34,5 kV e 13,8 kV), reserva cerca de R$ 4 milhões em expansão de novos alimentadores, substituição de condutores em redes existentes, instalação de chaves especiais e novas saídas de subestações.

 

(Fonte: AEN)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)