Sábado, 17 de agosto de 2019

Agricultura é reestruturada no governo de Ratinho Júnior

04/01/2019
Ao dar posse ao secretário Norberto Ortigara, o novo governador do Paraná, Ratinho Júnior, confirmou a reestruturação da pasta da Agricultura, com o objetivo de imprimir agilidade, eficiência e menos burocracia ao sistema que cuida do agronegócio paranaense.

Tomou posse na tarde deste dia 03 de janeiro, compondo a nova equipe de governo estadual, o Secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara. O governador Carlos Massa Ratinho Júnior e o vice-governador Darci Piana prestigiaram a transmissão do cargo de secretário da Agricultura e Abastecimento do Paraná, que ocorreu na sede do Instituto Emater, em Curitiba. O economista Norberto Anacleto Ortigara tomou posse, retornando ao posto que já ocupara no governo anterior, quando da gestão de Beto Richa.

O governador e o secretário confirmaram a reestruturação administrativa da pasta, abrangendo as empresas vinculadas, para atender ao compromisso da atual gestão de reduzir a máquina pública e torná-la mais eficiente. “O objetivo é imprimir agilidade, eficiência e menos burocracia ao sistema de Agricultura”, afirmou o governador. Ele explicou que a ideia é modernizar as empresas sob uma única gestão, conforme modelo que está sendo estudado pela Fundação Dom Cabral.

Ratinho Junior lembrou da redução das secretarias de Estado de 28 para 15. O governador destacou que enxugamento também vai abranger empresas públicas, de economia mista, autarquias e fundações.

Na área da agricultura deve haver a fusão das empresas vinculadas de assistência técnica e pesquisa agrícola como Instituto Emater, Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e Centro Paranaense de Referência em Agroecologia, além da Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar).

A fusão das vinculadas em uma única empresa não visa a diminuição de servidores. “Não podemos abrir mão desse capital humano que ajudou a construir a agricultura paranaense até agora. Temos planos para atrair investimentos ao setor e para isso precisamos de projetos executivos para atrair os recursos que precisamos”, afirmou o governador.

Ratinho Junior destacou que Norberto Ortigara é servidor de carreira do Governo do Paraná e profundo conhecedor da agricultura paranaense. “Tem perfil inovador e de trabalho para modernizar as autarquias. O objetivo é fazer o Paraná o protagonista na produção de alimentos no País”, enfatizou.

AFTOSA

 

Já empossado como titular da SEAB, Norberto Ortigara destacou os avanços na questão sanitária que o Paraná pretende neste ano de 2019. Ele lembrou o compromisso assumido com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para a antecipação do processo junto ao Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa (Pnefa) para obter a declaração de estado livre de febre aftosa sem vacinação.

Afirmou, ainda, que isso é consequência dos investimentos iniciados em 2011 quando foi criada a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) e que culminou com um longo tempo sem a manifestação clínica da enfermidade. Já foram feitas duas auditorias, que apontaram pequenas conformidades, quase todas trabalhadas e a ideia é fazer a última vacinação em animais jovens em maio de 2019.

“Mas haverá diálogo com setores que acham arriscado antecipar o processo porque nesse entendimento todos sairão ganhando e o Paraná estará forte em todos os mercados mundiais”, enfatizou.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)