Segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Agronegócio do Paraná deve avancar com laboratório de inovação

08/09/2020
Projeto de criação de Laboratório de Inovação i-Lab Agro deve tornar o Paraná mais competitivo também na área de tecnologia para o agronegócio, da mesma forma que já é na produção de alimentos.

O Governo do Estado lançou dia 02/09 o projeto de criação do Laboratório de Inovação i-Lab Agro. Ligado ao Sistema Estadual de Agricultura do Paraná (Seagri), ele tem como objetivo tornar o Estado mais competitivo também na área de tecnologia para o agronegócio, da mesma forma que já é na produção de alimentos.
Esta é a primeira experiência de um laboratório de inovação voltado ao tema agro dentro do setor público brasileiro. “A determinação do Governo é de ser moderno e inovador. A Secretaria da Agricultura está inovando e traz isso para dentro do Governo”, disse o secretário de Planejamento e Projetos Estruturantes, Valdemar Bernardo Jorge.
Segundo ele, é perceptível a mudança de paradigma. “As ações de governo, além de serem realizadas para o cidadão, passam a ser realizadas com o cidadão”, afirmou. “Queremos uma gestão colaborativa, conhecer o território, deliberar com os experts e, depois, tomar decisão e ir para o campo de ação.”
O secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, fez uma exposição dos avanços ocorridos no mundo em relação à agropecuária e que resultam particularmente na moderna digitalização e na nova mecanização. Elas incluem, entre outros, o uso da agricultura de precisão, drones, satélites, robôs, máquinas elétricas, inteligência artificial e internet das coisas. “Fazer cada vez melhor com menos recursos e mais sustentabilidade”, resumiu.
De outra parte, segundo ele, o serviço público não acompanhou esse processo com o mesmo dinamismo. “A grosso modo, o serviço público continua analógico”, disse o secretário. Por isso, Ortigara destacou o desafio colocado ao novo laboratório de inovação de ouvir experiências mundo afora para possibilitar que o Estado preste um serviço ainda melhor.


PROCESSO

 

A ideia do Laboratório de Inovação i-Lab Agro nasceu na Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), mas logo foi expandida para os outros órgãos do Sistema Seagri – Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR-Paraná) e Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa).
Com a experiência adquirida em outros projetos de inovação desenvolvidos pelo Governo, o Serviço Social Autônomo Paraná Projetos, ligado à Secretaria do Planejamento e Projetos Estruturantes, uniu-se à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento e ambos assumiram fazer a prototipação do laboratório.
EVENTOS – O evento desta quarta-feira foi o primeiro de uma série de palestras visando a divulgação do sistema de laboratórios de inovação. Foram apresentadas a experiência de transferência de tecnologia da Embrapa Soja, a trajetória da Frísia Cooperativa Agroindustrial diante do processo de inovação, além de uma análise sobre como as pessoas tomam decisões, feita por cientistas comportamentais do Banco Mundial.
A previsão é que nas próximas seis quartas-feiras, até meados de outubro, outros modelos sejam discutidos com a intenção de ter referências nacionais e internacionais sobre inovação em governo, economia comportamental e transformação digital. Os eventos contam com o apoio da Escola de Liderança, vinculada à Secretaria do Planejamento e Projetos Estruturantes, e da Superintendência Geral de Inovação do Paraná.
Posteriormente, serão promovidos eventos para capacitação de facilitadores e mentores em metodologias de inovação. Eles terão a tarefa de conduzir oficinas de ideação e prototipação do laboratório e darão início ao processo de priorização de iniciativas de inovação a serem desenvolvidas na primeira fase.
As informações sobre o laboratório e todas as etapas de desenvolvimento podem ser consultadas no site http://agrogov.live.

(Fonte: AEN/PR)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)