Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Indústria de pneus Sumitomo investirá R$ 1 bi no Paraná

17/08/2021
Incremento na unidade paranaense da empresa global de pneus vai implicar em um salto no número de colaboradores diretos, que passará dos atuais 1.600 para 1.940 quando a fábrica atingir a capacidade máxima, a partir de 2025.

A Sumitomo Rubber do Brasil confirmou um novo investimento no Paraná. A empresa de origem japonesa vai aplicar R$ 1 bilhão ao longo dos próximos cinco anos na expansão da planta de pneus localizada no município de Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e pelo presidente da subsidiária nacional do complexo industrial, Yoshinori Wakitani, durante reunião no Palácio Iguaçu.

O investimento conta com o apoio do programa de incentivo econômico e fiscal do Governo do Estado. “É mais um grande investimento que podemos anunciar em razão dessa ótima relação com o Japão e com a Província de Hyogo. Os japoneses, na época da imigração, ajudaram no planejamento do Paraná, e agora estão colaborando com o desenvolvimento do Estado”, afirmou Ratinho Junior.

“É uma relação muito forte, que resulta em um investimento como esse da Sumitomo, de R$ 1 bilhão, com impacto significativo na geração de emprego e renda”, acrescentou ele, lembrando que Paraná e Hyogo celebraram no ano passado 50 anos de amizade e intercâmbio.

O incremento na unidade paranaense, explicou o diretor administrativo da Sumitomo, Naoki Kurita, vai implicar em um salto no número de colaboradores diretos, que passará dos atuais 1.600 para 1.940 quando a fábrica atingir a capacidade máxima. Com isso, a produção dos chamados Pneus PCR (Pneu Radial de Passageiros) aumentará 28%, de 18 mil para 23 mil por dia. Já os Pneus TBR (Pneu Radial de Caminhão e Ônibus) terão impacto de 120%, de 1 mil para 2,2 mil diariamente.

“Somos uma empresa global de mais de 100 anos, com 12 fábricas espalhadas pelo mundo, e que completa 10 anos de atuação no Paraná em 2021. Sentimos que o ambiente aqui é extremamente favorável e podemos contar com grande suporte do Estado”, disse Kurita.

Ele destacou que o valor anunciado será utilizado na ampliação da estrutura física, aquisição de máquinas e instalação de novos equipamentos. A previsão é finalizar as obras de ampliação da planta voltada para a PCR em 2024 e da planta para TBR em 2025.

APOIO DO ESTADO

O novo investimento da empresa japonesa está enquadrado no programa de incentivo fiscal do Governo do Estado. Levantamento da Invest Paraná, agência responsável pela prospecção de novos negócios e atração de empresas, estima que mais de R$ 50 bilhões de investimentos já foram atraídos desde 2019, com geração de mais de 60 mil empregos (diretos e indiretos).

Nestes investimentos gerais entram os acordos firmados no âmbito do programa de incentivos fiscais do Estado, vinculado à Secretaria de Estado da Fazenda, e aqueles que receberam atendimento para entender o Paraná e o perfil dos municípios, conhecer os projetos governamentais em infraestrutura, como a nova concessão rodoviária ou a Nova Ferroeste, e se encaixar em cadeias produtivas já estabelecidas.

(Fonte: AEN/PR)

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Seja o primeiro, faça seu comentário. ;)